Como escrever um curriculum vitae

Visto que o currículo é a sua carta de apresentação para as entidades empregadoras, convém que tenha muita atenção na sua redacção. Este vai dar a conhecer, também, à empresa, a sua experiência e competências profissionais, factores estes que podem ser decisivos para conseguir a vaga de emprego ou não. Para tal, está proibido de cometer erros, sejam eles ortográficos ou frásicos. Use palavras simples e frases e parágrafos curtos.

 

Aqui ficam alguns conselhos do que deve e não deve escrever no curriculum:

Não escreva:

  • A minha função como chefe de comunicação...
  • Quando entrei na empresa não havia ninguém a fazer o meu trabalho, tive de desenvolver e implementar uma metodologia própria...

Escreva:

  • Chefe de comunicações. Funções...
  • Desenvolvimento e implementação de metodologias.




Se escrever “espírito de equipa” no seu currículo até pode paracer bonito, no entanto, sem exemplos concretos e reais pode tornar-se uma expressão vazia de significado.

Tente usar, também, uma voz activa, ou seja, verbos dinâmicos como organizar, ensinar, cooperar, orientar, entre outros.

Cada palavra que escreve pode enriquecer como pode destruir o seu curriculum, por isso todas as informações têm de ser cuidadosamente escolhidas, e tem de saber o contexto em que as escreve. O objectivo é sobressair na "multidão de currículos", portanto dedique tempo ao documento para o conseguir.

Outros artigos:

--ADS--
--ADS--