Exemplos de defeitos numa entrevista de emprego

Os defeitos ou fraquezas são uma das perguntas mais comuns em entrevistas de emprego. Deve ser sincero e pensar em defeitos ou aspectos que precise de desenvolver.

Exemplos de fraquezas numa entrevista:

  • “Sou perfeccionista e persistente”

Os entrevistadores ouvem isto a toda a hora, porque é a resposta mais óbvia e comum. Mesmo que seja verdade, pode indicar falta de sinceridade. São defeitos ambivalentes, que têm um lado positivo e profissional forte.

  • “Sou tímido” / “Falo demais”

Este defeito tem pouco impacto, é geral mas sincero. Para um contabilista ser tímido não é um problema. Para um relações públicas e empregos na área da comunicação “falar demais” é um defeito bastante conveniente.

Mais exemplos de defeitos:

  • Medo de falar em público
  • Ansiedade
  • Trabalho mal sob pressão
  • Dificuldade em lidar com objetivos
  • Dificuldade em lidar com a injustiça
  • Fico impaciente com a irresponsabilidade
  • Sou intolerante com pessoas que chegam atrasadas
  • Confio demasiado/ dou demasiada confiança
  • Sou inflexível
  • Sou indeciso/ medo de tomar decisões
  • Estou sempre a mudar de ideias
  • Fico irritado com pessoas que reclamam muito
  • Penso demais
  • Não gosto de fazer apresentações em power point
  • Tenho má memória, aponto tudo
  • Sou muito exigente comigo próprio/ com os outros
  • Esqueço-me de nomes/ de caras

 

Defeitos que nunca deve dizer numa entrevista

Se for sincero a 100% corre o risco de não ser contratado. Não refira defeitos que transmitam uma imagem pouco profissional, como:

Sou irresponsável

Sou inseguro/ (a)

Nunca chego a horas

Não suporto que me digam o que tenho de fazer

Perco o controlo e zango-me

 

--ADS--
--ADS--