Modelos de Curriculum

Conseguir emprego sem experiência

Primeiro emprego? A falta de experiência é um entrave na procura de trabalho, porque a maior parte das ofertas de emprego solicita “Experiência na área”. No entanto emprego sem experiência não é uma missão impossível, e pode contornar a falta de experiência de uma forma vantajosa.

1: Curriculum – comece pelos estudos

Ao iniciar o seu CV pelas qualificações chama a atenção para as competências e aptidões que adquiriu e põe a falta de experiência em segundo plano. Pode colocar “Experiência académica e profissional”, por exemplo.

 2: Utilize os seus contatos

Os seus professores podem ser uma ajuda preciosa na altura de conseguir emprego. Utilize o QI: Quem indica. Os professores ou seus conhecidos que estão no mercado de trabalho têm informações de empresas que costumam recrutar, ou de programas de apoio ao primeiro emprego. Podem mesmo fazer-lhe uma referência ou uma recomendação.

Uma das razões que leva os empregadores a preferir pessoas com experiência é a ideia de que alguém que trabalhou tem conhecimento, know-how e mais responsabilidade. Por outro lado alguém sem experiência só tem formações e anos de escola, o que não garante que seja bom trabalhador ou que é de confiança. Isto é a razão para anexar ao seu curriculum uma carta de recomendação de um superior ou professor. Uma carta de recomendação de um professor credibiliza o candidato face ao entrevistador.

3: Vantagens de não ter experiência

Na entrevista de trabalho vão confrontá-lo com a falta de experiência, e deve estar confiante de que existem vantagens em não ter experiência. Uma pessoa sem experiência é motivada, porque tem curiosidade em aprender tudo e absorver a experiência. Não tem vícios de trabalho negativos, que podem prejudicar o sistema de trabalho. E uma pessoa jovem e fresca traz novas ideias, mais criatividade e variedade.

 4: Apareça e melhore o seu CV

Através das redes sociais, dos blogs, ou de publicações da especialidade pode publicitar o seu nome. Se for artista, seja freelance dos seus trabalhos. Se é desempregado na área das ciências humanas e sociais, faça um blog sobre assuntos da atualidade com interesse social, ou com opiniões sobre livros e textos que leu. Tomar este tipo de iniciativa é fácil, divertido e demostra proatividade, que as empresas valorizam muito.

Faça formações sobre a sua área ou mesmo sobre uma área completamente diferente. Há muitas formações gratuitas que pode frequentar. Por exemplo o El Corte Inglés de Gaia e de Lisboa têm vários cursos gratuitos. O centro de Emprego também tem cursos e algumas formações remuneradas. As universidades têm conferências, oficinas e workshops de acesso livre e concursos de ideias e empreendedorismo.

Os estágios são outra forma de conseguir experiência e conhecimentos. Se possível opte por fazer um estágio remunerado. Os voluntariados são outra opção. É uma forma de obter experiência, de contribuir para a formação pessoal e podem ocasionar oportunidades de liderança.

Aproveite e verifique três motivos para colocar voluntariado no cv.

Faça o teste de como buscar emprego para descobrir se sabe tudo o que deve fazer na hora de buscar emprego.

 

Achou o artigo útil?
Queres permanecer informado?

Etiquetas:, , , ,
Comentar
0
Comentários

Deixar um comentário